gazeta2.jpg (8041 bytes)

Estresse

Heloisa Ferreira da Costa

Há certos momentos na vida em que bate um desespero porque estamos em determinadas situações de que queremos sair, mas, assim como quando nadamos contra uma correnteza, quanto mais tentamos nos livrar da situação, mais ela se torna difícil de acabar.

São esses momentos que fazem muitos seres perderem a razão e cometerem atos impensados, insensatos. Não fosse o lado espiritual, a certeza de que já vivemos esse lado da vida, seria bem pior.A famosa frase "Tudo na vida passa" cabe bem nas situações adversas. Quando sentirmos nossas forças se esgotarem devemos procurar nos acalmar, irradiar às forças superiores, e desta forma as coisas vão aos poucos se normalizando. Não teremos ajuda, mas haverá uma calma interior capaz de nos fazer suportar o que for preciso, e assim agindo iremos conseguir superar as adversidades.

Nada na vida é fácil, e, quando alguma coisa vem fácil, vai fácil também. Portanto, temos que entender que 90% da vida são feitos de trabalho, e por isso esta não é fácil!

Antes de reclamarmos dessas dificuldades, vamos observar se estamos nos sentindo bem, se estamos saudáveis, vamos sentir o que está bom, prestar atenção. Será que já pensamos: "E se, além de tudo que eu tenho que fazer, não estou bem?" E se, pior ainda, tivéssemos que largar tudo porque o problema "saúde" é mais sério? Aí, sim, é difícil demais. Mas se estamos bem, tudo vai acabar bem.

O que é preciso entender é que ninguém pode nos ajudar a não ser nós mesmos. Saibamos portanto manter a calma. Dessa forma poderemos manter a nossa sanidade, e de modo sereno iremos enfrentando as tempestades.

O estresse é a doença do século e vemos cada vez mais seres humanos sucumbirem a ela por falta de orientação. Aos poucos os livros de auto-ajuda vão tomando cada vez mais espaço. O que é isso senão a busca de respostas.

Realmente essas leituras nos ajudam, porque o fato mais certo é que só nós poderemos resolver as situações e sair dos problemas; mas se o problema não tiver solução, ainda assim, através da observação da vida espiritual, alcançaremos a serenidade adequada.

Quando chamarmos por socorro, saibamos que pode vir rápido ou não, depende de como nos comportamos, quando sabemos que a ajuda é interna, essa ajuda é imediata, porém, e ficarmos esperando por um milagre, esperaremos eternamente e nada nunca vai estar bem. Por isso prestemos atenção a nossos avisos internos.

Heloisa Ferreira da Costa é militante na Filial de Marília, SP.

 

Página Principal da Gazeta  | Página anterior

Gazeta do Racionalismo Cristão - Uma filosofia para o nosso tempo