Teste de conhecimentos da doutrina racionalista cristã

294. Algumas pessoas estão sempre criticando, apontando erros. Comentar.

Preocupar-se consigo mesmo, com seus pensamentos, com sua conduta, com os seus próprios defeitos deve ser o principal foco da veia crítica do ser racional, mesmo porque para reparar os defeitos dos outros terá ele que corrigir os seus em primeiro lugar, ainda que sejam estes diversos daqueles a que pretenda alvejar com algum tipo de ponderação. A crítica maldosa é vil, enquanto a crítica reparadora pode ser nobre, desde que feita com elevado nível de educação e, preferentemente, em particular, olho no olho, para evitar que a terceiros seja dada a oportunidade de deturpar e fazer mau uso do argumento crítico.
Antonio Gurjão Praxedes
Militante na Filial Belém do Racionalismo Cristão

Página Principal da Gazeta  | Página anterior

Gazeta do Racionalismo Cristão - Uma filosofia para o nosso tempo