Teste de conhecimentos da doutrina racionalista cristã

215. No livro Racionalismo Cristão, 44ª edição, ao tratar da desencarnação do espírito, encontramos a seguinte informação: "O espírito, ao se romperem os laços que o ligam ao corpo físico, afasta-se com o corpo fluídico e, progressivamente, vai-se desprendendo dos invólucros materiais correspondentes aos campos de manifestação com os quais se envolveu no processo da encarnação." O que se entende por "campos de manifestação"?

No teste anterior foi afirmado que o espírito, no processo de reencarnação, "[...] envolve-se com campos interligados ao planeta, recolhendo de cada um deles matéria necessária à expressão e expansão de suas faculdades". O que estamos aprendendo agora é que a atmosfera fluídica da Terra tem uma estrutura mais complicada do que imaginávamos. Nela há matéria fluídica de vários tipos, cada uma com suas qualidades. São esses tipos de matéria fluídica que são denominados de "campos de manifestação". Lembremos que Matéria é objeto em que as Forças operam, se manifestam, em suas atividades diversas no Universo.

Da mesma forma que o espírito, quando desencarna, deixa na superfície da Terra o corpo físico, seu corpo fluídico também devolve à atmosfera fluídica da Terra o que tomou emprestado quando encarnou. O espírito leva consigo apenas o corpo fluídico que o acompanha eternamente. Esse corpo fluídico vai se tornando mais diáfano à medida que o espírito alcança maior grau de evolução e passa a pertencer a mundos mais adiantados (ver teste 187).

 

Página Principal da Gazeta  | Página anterior

Gazeta do Racionalismo Cristão - Uma filosofia para o nosso tempo