Teste de conhecimentos da doutrina racionalista cristã

212. Na irradiação 'A' encontramos o seguinte: "...é pelo estudo, raciocínio e ...". Estudar o que?

O estudo constante das obras racionalistas cristãs, em suas últimas edições, é fortemente recomendado. A cada releitura descobrem-se detalhes que passaram despercebidos anteriormente e que enriquecem ainda mais nossos conhecimentos da vida espiritual. Contudo, nessas obras não há espaço para conter todos os descobrimentos realizados por pesquisadores de todos os tempos. Daí ser importante estudar as obras produzidas por esses pesquisadores. Foi baseado nelas, e na sua excepcional intuição, que Luiz de Mattos codificou a doutrina racionalista cristã. Em seu trabalho, Luiz de Mattos tratou de apresentar de forma clara, livre do linguajar confuso usado em alguns casos, os trabalhos que estudou.

O Racionalismo Cristão afirma que seus ensinamentos sempre estiveram presentes em todas as épocas e em todos os lugares. Veja um exemplo: em seu diálogo "Fédon", Platão afirma que o ser humano é formado por um corpo e uma alma. No momento em que nascemos, a alma é perfeita, porém não sabemos, pois, após renascermos, a alma é aprisionada no corpo e um véu de esquecimento recai sobre ela. Isto foi afirmado cerca de 400 anos antes de Jesus. Soa familiar? Vemos, assim, que é de interesse estudar os trabalhos de pesquisadores e pensadores independentes, do passado e do presente. Algumas das obras desses pesquisadores, inclusive a de Platão, estão disponíveis em

http://valdiraguilera.net/biblioteca.html

Ao lê-las, devemos ter sempre presentes os ensinamentos claros e objetivos do Racionalismo Cristão. Esse estado de alerta nos dará independência e permitirá separar o joio do trigo.

 

Página Principal da Gazeta  | Página anterior

Gazeta do Racionalismo Cristão - Uma filosofia para o nosso tempo