Teste de conhecimentos da doutrina racionalista cristã

88. O que são as irradiações? São rezas?

Muitos pontos importantes das irradiações foram levantados com muita propriedade pelos que responderam à questão proposta neste teste.

As respostas mostram que todos estão muito conscientes de que as irradiações não são rezas, pois não são pedidos, súplicas. Fazendo-as não estamos imbuídos do desejo de obter favores de nenhuma espécie.

Ficou igualmente bem esclarecido que devemos dirigir nossos pensamentos a planos superiores e não a pessoas ou imagens do mundo material.

Também ficou claro que todos sentem que a vibração de nosso espírito, quando irradiamos, é uma forma de entrarmos em sintonia com planos superiores, o que nos traz paz de espírito, novas energias, equilíbrio interior, enfim, preparo para a luta diária, para conduzirmos com mais sabedoria nossa vida terrena.

Sabemos, também, que essas vibrações advêm dos pensamentos que "irradiamos", pois nossos pensamentos são vibrações do espírito. Eles "irradiam", propagam ondas vibratórias que entrarão em sintonia com vibrações similares, pela lei da atração.

As respostas foram lições de sabedoria e mostraram a capacidade dos participantes em expressar com clareza o sentido desses dois momentos diários dedicados à limpeza psíquica.

Permitam-me, porém, fazer algumas observações.

Em primeiro lugar, gostaria de raciocinar um pouco a respeito de uma orientação que recebemos com muita frequência na Doutrina.

Trata-se da orientação que nos lembra constantemente de que devemos manter pensamentos bem irradiados o dia todo.

Como muitas respostas ao teste dessa semana bem assinalaram, isso significa que nossa ligação com planos astrais superiores está diretamente relacionada com a qualidade de nossos pensamentos.

Assim, se estamos com nosso pensamento firmemente preso ao cumprimento de nossos deveres; se estamos dirigindo todo nosso esforço no sentido de colocar em prática os ensinamentos que assimilamos na Doutrina; se estamos decididos a corrigir nossos erros e minorar nossos defeitos, estaremos irradiando positivamente, estaremos em sintonia com as Forças Superiores. De acordo?

Assim, manter nossos pensamentos bem irradiados não significa ficarmos fazendo as irradiações o dia todo. Significa estarmos nos esforçando para bem usar nosso livre-arbítrio para a prática da conduta que a Doutrina nos orienta a assumir no dia a dia.

Então, podemos perguntar, qual é a diferença entre manter pensamentos bem irradiados e fazer as irradiações?

O que as irradiações têm de diferente que faz com que aquele momento específico se caracterize como o da "limpeza psíquica"?

Desculpem se me alonguei demais, mas queria chegar a esse ponto específico que gostaria de propor como reflexão desta semana (Ver teste 89).

 

Página Principal da Gazeta  | Página anterior

Gazeta do Racionalismo Cristão - Uma filosofia para o nosso tempo