Teste de conhecimentos da doutrina racionalista cristã

72. O que caracteriza uma pessoa voluntariosa e que danos esse comportamento pode causar?

A pessoa voluntariosa se identifica pelas suas ações orientadas, principalmente, pelos seus quereres, caprichos ou obstinações. Dificilmente, ou nunca, considera a vontade dos outros ou reflete sobre as ponderações que lhe são apresentadas, pois sempre se julgam detentoras da verdade. Como toda ação é precedida de um pensamento, o voluntarioso, pela lei "pensar é atrair", está constantemente atraindo assistência astral inferior e recebendo intuições que fortalecem suas atitudes obstinadas. Essa assistência astral inferior, além de envolver o voluntarioso, atinge também as pessoas próximas e aquelas que nele estiver pensando.

Mais sobre esse assunto encontra-se na seção "Temperamento voluntarioso", do capítulo "Obsessão" do livro Racionalismo Cristão ou A vida fora da matéria.

 

Página Principal da Gazeta  | Página anterior

Gazeta do Racionalismo Cristão - Uma filosofia para o nosso tempo