Teste de conhecimentos da doutrina racionalista cristã

51. Comentar a lei do retorno, ou da causa e efeito.

Basicamente, a lei de causa e efeito afirma que não há efeito sem causa; nada acontece que não tenha sido conseqüência de algo. Todo efeito provém de uma causa, e não há causa que não provoque um efeito. O efeito é sempre o mesmo para cada causa, ou seja, uma mesma causa não produz efeitos diferentes.

Lei tão simples, contudo, por não conhecer algumas causas, a ciência teve de admitir a existência do acaso. Para muitos cientistas, porém, o acaso não existe. Existe algo que, por ser ainda desconhecido, não pôde ser incluído nas teorias até agora desenvolvidas.

Enquanto a lei de causa e efeito se aplica a todos os fenômenos, físicos ou psíquicos, a lei do retorno se restringe ao ser humano. É acionada pela faculdade do livre-arbítrio. Esta lei pode ser resumida em uma frase simples (atribuída a Jesus): "não as faças, que as pagarás".

Assim, conhecedores que somos da existência do livre-arbítrio e da lei do retorno, não podemos queixar-nos de nossos insucessos, nem agradecer nossos êxitos. Colhemos aquilo que plantamos.

Julho 2008

 

Página Principal da Gazeta  | Página anterior

Gazeta do Racionalismo Cristão - Uma filosofia para o nosso tempo