gazeta2.jpg (8041 bytes)

Ser mulher

8 de março de 2007 - Dia Internacional da Mulher

Lília Rodrigues da Silva Paiva

Ser mulher é viver mil vezes em apenas uma vida, é lutar por causas perdidas e sempre sair vencedora, é estar antes do ontem e depois do amanhã.

Ser mulher é caminhar na dúvida cheia de certezas, é correr atrás das nuvens num dia de sol e alcançar o sol num dia de chuva.

Ser mulher é chorar de alegria e muitas vezes sorrir com tristeza; é acreditar quando ninguém mais acredita, é esperar quando ninguém mais espera.

Ser mulher é estender a mão a quem ainda não pediu, é doar o que ainda não foi solicitado.

Ser mulher é não ter vergonha de chorar por amor, é saber a hora certa do fim e esperar sempre um recomeço.

Ser mulher é entender as fases da Lua por ter suas próprias fases.É ser "nova" quando a alma está à espera de um amor, ser " crescente" quando a alma está se enchendo de amor, ser "cheia" quando ele já está transbordando e "minguante" quando este amor vai embora.

Ser mulher é conseguir encontrar uma flor no deserto, água na seca e labaredas no mar.

Ser mulher é saber ser Super Homem quando o Sol nasce; e virar Cinderela quando a noite chega.

Ser mulher é ser princesa aos vinte anos, rainha aos trinta, imperatriz aos quarenta e especial a vida toda.

Ser mulher é, acima de tudo, um estado de espírito, é uma dádiva, é ter dentro de si um tesouro escondido e ainda assim dividi-lo com o mundo!

(A autor é presidente da Filial Belo Horizonte, Barro Preto)

 

Página Principal da Gazeta  | Página anterior

Gazeta do Racionalismo Cristão - Uma filosofia para o nosso tempo