O talento e as reencarnações

Márcia Henriques

A reencarnação é um processo pelo qual um mesmo espírito passa por numerosas e sucessivas encarnações, isto é, ele troca de corpo e de condições de vida para viver em outro tempo e em ambientes diferentes. Caruos Samel, A Harmonia Universal e a Evolução Espiritual, 2ª edição, 2006.

Muito se fala que o ser nasce pronto; isso é uma verdade sem contestação, porém, vai evoluindo, estudando e se aprimorando dentro daquilo que planejou em seu mundo astral.

O talento de cada um aprimora-se durante várias encarnações sucessivas no planeta Terra. Portanto, ele vem se desenvolvendo em tarefas árduas, escolhidas em plano superior antes de encarnar, um planejamento minucioso orientado por espíritos superiores, que alertam e fazem com que esse planejamento seja adequado ao que o ser reencarnante necessita para sua evolução no planeta Terra.

Através de várias vindas a esse planeta-escola, o espírito vai desenvolvendo o seu talento em diferenciadas áreas dependendo do grau evolutivo em que se encontra, isto é, o talento vai se moldando através do estudo contínuo e da tarefa escolhida para a qual já tem uma bagagem mais ou menos acumulada.

Enganam-se alguns que pensam que esse talento já vem pronto sem nenhum esforço; pelo contrário, ele é burilado em cada encarnação, com muita dedicação, estudo e trabalho.

Muitos se tornam mestres na arte em vários segmentos que existem no planeta Terra. Jamais conseguiriam tornar-se um mestre em qualquer segmento, se não fossem as várias reencarnações.

Costumamos dizer que tal pessoa é muito talentosa, muitas vezes em várias áreas; com certeza esses talentos foram adquiridos em várias vindas ao planeta Terra.

Uma encarnação de 70-90 anos não é suficiente para a pessoa se tornar, por exemplo, um mestre na arte de ser um maestro que conhece a fundo todos os instrumentos de uma orquestra. Esse espírito já traz consigo reminiscências do seu passado gravadas em seu corpo fluídico e vai somente se aprimorar na encarnação e passar a frente esses belíssimos ensinamentos.

Muitas vezes ficamos estupefatos com talentos que se manifestam em crianças de tenra idade, desenvolvendo tarefas que mesmo adultos com vasta experiência na área não conseguem desenvolver e que esse pequeno ser o faz com maestria. Somente através da reencarnação podemos explicar tamanho talento, conforme muitos cientistas já vêm pesquisando nesta área, com resultados por eles comprovados à luz da ciência.

Podemos também observar os chamados autodidatas que assimilam tudo que leem e fazem maravilhas, embora com uma humildade cativante, apresentando explicações racionais para tudo e qualquer assunto.

Os talentosos são inteligentes ao extremo, falam várias línguas e são debatedores conscientes e convictos.

Somente podemos explicar essa inteligência e talento através das várias encarnações que o espírito faz no mundo Terra.

Julho 2011

 

Página Principal da Gazeta  | Página anterior

Gazeta do Racionalismo Cristão - Uma filosofia para o nosso tempo