Mulher, simplesmente Mulher!

Pedro Pomin Neto, Ely Ramos e Nina Pomin

O papel da mulher é importante, e nenhuma deve fugir ao cumprimento de seu papel. A mãe, aquela que dá filhos ao mundo, é veículo promotor do processo espiritual e material, gerando cidadãos e cidadãs valorosos, capazes de servir à pátria com retidão de caráter.. Luiz de Mattos, in Clássicos do Racionalismo Cristão, p. 90

O que leva um espírito a optar por encarnar em um corpo feminino? Seria a busca por conteúdo fundamental para sua evolução espiritual? Seria o grande desejo de ajudar na orientação e auxiliar na evolução de cada espírito encarnado? Seria esta encarnação, tão somente sua opção? Ou contaria ela com auxílio de demais espíritos do Astral Superior a lhe orientarem e aconselharem a vir ao mundo Terra em um corpo feminino por conhecer sua grandeza espiritual e sua generosidade? Seja como for, o que não deixa dúvida alguma é que tal espírito encarna com tarefas fortes e delicadas, grandes e frágeis, de suma importância a toda humanidade.

Sendo elas criaturas, firmes e meigas, assim elas chegam ao mundo Terra, cheia de coragem, de garra, de determinação e quando têm a felicidade de encontrar como companheiro homens que se propõem a somar com as mulheres de suas vidas, ou seja, com suas mães, irmãs, esposas e filhas, estas mulheres se tornam ainda mais fortes e capazes de realizar grandiosas obras pela humanidade.

Certa vez, ouvi alguém dizer que não conhecia nenhuma grande invenção que fosse feita por uma mulher. Se eu pudesse responder diria a esta pessoa que é ela, a mulher, quem gerou, deu a vida, criou, educou, moldou, disciplinou todos os grandes inventores! O que dizer mais?

Mulher! Aquela que gera e da vida, cria, vive para disciplinar, amar e educar. A ela cabe o dever de moldar o caráter do homem e mulher do futuro. Em suas mãos tarefas grandes importantes e aparentemente pesadas, mas que ela absorve com tranqüilidade, serenidade e muito amor.

Hoje, temos uma mulher como representante maior de nossa nação brasileira, todos nós elevamos a ela nossas mais puras e sinceras irradiações de força e coragem a fim de que esta mulher seja uma representante de todas as demais mulheres de nossa Nação com dignidade, honra e caráter.

Mulher! Em suas mãos tarefas grandes! Nutre amavelmente sentimentos superiores, de grandeza e coragem! Pois é nela, e em sua bondade que se encontra o conforto e o afeto pelos quais todos anseiam durante a vida, e se a intempérie da vida intervier levando-nos a conhecer tanto o lado doce como os mais cruéis é ela quem vislumbra no olhar uma saudável determinação, um brilho que nos transporta no espaço e no tempo nos dando força e coragem para seguir adiante!

Nossas homenagens vão para todas as mulheres, aquelas que curam apenas com a força do amor, mulheres maravilhosas, batalhadoras, talentosas. Mulher mãe, que já traz desde a infância seu instinto materno com a boneca nos braços, e muitas já cedo ajudam em seus lares, colaborando com seus pais, adquirindo responsabilidades e semeando, plantando tudo que no futuro irá colher.

Mulher mãe, mulher amiga, mulher filha, mulher esposa. Mulher! Simplesmente Mulher!

Petrópolis, RJ, março 2011

 

Página Principal da Gazeta  | Página anterior

Gazeta do Racionalismo Cristão - Uma filosofia para o nosso tempo