Gentileza

Eliane Ramos, Pedro Pomin Neto e Marcia Maria Henriques

Todo ser humano normal tem consciência do bem e do mal, do justo e do injusto, do que é certo e do que é incorreto. Há uma linha de separação entre os dois procedimentos, o da esquerda e o da direita, e ninguém vem ao mundo para operar o seu progresso espiritual, que não saiba distinguir, com os recursos próprios, a diferença destoante entre um e o outro caminho. Luiz de Souza, A felicidade existe.

Conta-se que os gregos colocaram um exército dentro da cidade de Tróia, escondido num grande cavalo de madeira deixado de presente para o inimigo. Felizes com o mimo, os troianos aceitaram de bom grado. Na madrugada, os soldados saíram e tomaram a cidade.

Essa engenhosa façanha acabou cunhando a expressão “presente de grego”.

Apesar de distantes da mitologia grega, ainda hoje esse tipo de presente aparece em nossas vidas, às vezes de pessoas que algum dia nos chamou de amigos. Portanto, se a História ensina, já está na hora de aprender com ela.

A doutrina racionalista cristã ensina a todos os seus estudiosos a bem tratarem as criaturas, sem distinção de raça, credo, sem discriminação seja ela qual for. A serem elegantes em seus comportamentos, dentro e fora de casa. A ser um exemplo, sempre!

Recebemos belíssimas lições de como agir para evitar estacionar nossa evolução espiritual e não criar inimizades muitas vezes desnecessárias.

Precisamos ter cuidado com a forma em que tratamos as pessoas para evitarmos um retorno negativo.

1 – Tratando aos nossos semelhantes exatamente da forma em que gostaríamos de ser tratados, com carinho, educação, sinceridade e atenção, respeitando as opiniões uns dos outros mesmo que às vezes não concordamos com elas, pois, ninguém é igual, todos somos espíritos em evolução e às vezes de categorias muito diferentes, o que nos diferencia uns dos outros.

2 - Darmos o que gostaríamos de receber, mesmo que não haja reciprocidade.

3 - Se não sabemos exatamente o que dizer em alguma ocasião, não devemos dizer nada. Evitando falar por falar, pois a palavra tem força, machuca, fere e quem as profere normalmente esquece, porém quem as ouve tem mais dificuldade para esquecer. Escrever ou dizer sempre algo carinhoso, gentil aos amigos, todos gostam de ser lembrados e tratados com carinho e respeito e isso conta muito. Não é necessário cobrir de mimos, mas é indispensável ser elegante e cortês. É muito triste uma pessoa chagar a outra, com uma palavra de carinho, com uma pergunta, com um pedido de ajuda e sair sem respostas ou quando as tem, são palavras que ferem e machucam profundamente deixando marcas, às vezes difícil de curar.

4 - Sermos sempre recíprocos no bem e ignorar o mau.

5 - Não considerarmos nenhum ser humano inimigo, pois somos todos os espíritos em evolução e irmãos em essência, mas, se alguém nos considerar assim, ganhemos sua simpatia na sutileza, e àqueles que se julgarem inimigos, devemos vencê-los na gentileza.

6 - Não se permita ofender ou magoar quando alguém que você muito estima lhe der as costas ou lhe der um chamado presente de grego, jamais pague na mesma moeda, pois segundo as palavras da irradiação, "tenhamos consciência de nossos erros, a fim de evitá-los e nos fortalecer para praticar o bem", e assim deve ser. Ao contrário, estaremos nos rebaixando ao nível da pessoa que nos magoou e ofendeu. Deixe-a, no momento em que ela refletir, e ver que errou com você, voltará e neste momento, trate-a como se nada tivesse acontecido, sem cobranças e sem lembranças do passado.

7 - Não perca o precioso tempo de sua evolução espiritual remoendo o passado, viva o presente e pense em construir para o futuro! O tempo que desperdiçamos criticando e debatendo os erros cometidos por outras pessoas, devemos usar para elevar alguém que mereça nosso respeito nossa admiração e nossa atenção. Às vezes, deixamos de lado pessoas importantíssimas em nossas vidas, sem dizer a elas que as amamos, sem elevá-la ao patamar que elas merecem, para falar de pessoas que sequer merecem ser lembradas, que dizer mencionadas.

8 – Devemos evitar assistir na TV filmes, documentários ou qualquer outro programa que desperte em nosso espírito o sentimento de revolta contra alguma criatura. A atmosfera da Terra está carregada de espíritos inferiores que intuem o tempo todo negativamente e se nós, estudiosos da disciplina racionalista cristã, não nos afastarmos destas cargas negativas, nada teremos a oferecer àqueles que muitas vezes chegam em busca de uma palavra de carinho, de conforto espiritual e amor para se sentirem melhor e continuarem sua trajetória convictas de que estão no caminho certo.

9 – Ser racionalista cristão é fácil, praticar o Racionalismo Cristão, não é difícil, mas requer atitude, ação. Basta aos estudiosos estarem dispostos a evoluir, pondo em prática as preciosas disciplinas de nossa doutrina da Verdade, pois não basta saber ensinar, é preciso saber colocar em prática o que aprendemos.

10 - É indispensável estarmos preparados na vida para os chamados presentes de gregos, pois lamentavelmente ainda existem, e vêm de onde menos esperamos. Por isso é preciso estar em dia com nosso estudo e com a disciplina racionalista cristã para saber como proceder ignorando tais presentes quando eles chegarem. Estamos no caminho certo, o caminho do esclarecimento espiritual, e não podemos exigir que todos sejam iguais a nós.

Setembro 2009

 

Página Principal da Gazeta  | Página anterior

Gazeta do Racionalismo Cristão - Uma filosofia para o nosso tempo