Na educação do comportamento está o nosso crescimento evolutivo

Maria Besteiro

É através dessa luta contra as imperfeições que a criatura se engrena com o processo evolutivo e entra em sintonia com as leis naturais e imutáveis que regem o Universo. in Perspectivas perante a Inteligência Universal, de Humberto Fecher.

As obras na Doutrina do Racionalismo Cristão são guias orientadoras de comportamentos, evidenciando quais as facetas negativas a educar e as capacidades que o ser humano tem e que precisa desenvolver, levando à evolução. Esta é a finalidade da encarnação.

Também orientam o ser humano no sentido da sociabilidade, para assim ser bem aceito pela sociedade e, quem sabe, tornar-se um modelo a seguir, tornar-se um espelho, onde outros consigam empregar esses conceitos tão assertivos que Luiz de Mattos codificou com o seu estudo.

O conhecimento de si mesmo permite à partícula do Todo orientar e decidir a sua vida, saber os seus limites e descobrir que é através do trabalho que os seres conseguem fazer parte do movimento do progresso, sempre em benefício da sua evolução. A Doutrina orienta no sentido da liberdade de escolha, alertando sobre as responsabilidades inerentes a essas mesmas escolhas e relembrando a todos de que o ser humano tem capacidade para pensar e decidir, devendo fazer bom uso das mesmas, já que somos partículas da Força.

O crescimento espiritual é uma luta individual, logo não devemos nos intrometer na vida de ninguém, já que não queremos um saldo negativo por intromissão na vida de outros, aumentando assim os sofrimentos de uma nova encarnação. Como seres humanos com raciocínio e livre-arbítrio, se queremos evoluir não devemos dar a outrem as rédeas da nossa vida. E é o sofrimento que nos indica que andamos a fugir ao código de conduta mencionados no livro essencial do Racionalismo Cristão.

Não poderia deixar de mencionar a educação do pensamento, já que é pelo pensamento que atraímos correntes, tanto do bem como do mal. O mal é uma ilusão terrena, que só com força de vontade se consegue ultrapassar. Os mundos-escola são criados com o propósito de "limar" as arestas negativas do carácter.

Tudo aquilo pelo que o ser passa durante a sua estadia aqui na Terra, foi previamente escolhido em seu mundo de estágio, por isso este planeta proporciona todas as condições para o aprimoramento do carácter. O ser deve ser inteligente e analisar o seu propósito de vida, para conseguir encontrar as oportunidades que o irão ajudar a mudar aspectos negativos do carácter.

Nunca é tarde, para começar o seu estudo e educação, basta estar desprovido de preconceitos e vaidades, mas é necessário estar disposto a aplicar no dia-a-dia medidas lógicas e concisas que possibilitarão novos rumo da vida.

Já é tempo de o ser humano saber que o crescimento evolutivo é uma responsabilidade pessoal, e não de terceiros, e que os medos o impedem de ter lucidez, no prosseguimento da sua evolução.

A autora é militante na Filial Lisboa do RC - Fevereiro, 2011

 

Página Principal da Gazeta  | Página anterior

Gazeta do Racionalismo Cristão - Uma filosofia para o nosso tempo