gazeta2.jpg (8041 bytes)

Ataque cardíaco
Primeiros socorros

Colaboração de Gilberto Silva

Digamos que são seis e meia da tarde, você está indo para casa, sozinho, de carro, depois de um dia bastante pesado no serviço, não só porque trabalhou bastante, como também porque teve uma discussão com seu chefe e não houve jeito de fazê-lo entender seu ponto de vista. Você está realmente aborrecido e quanto mais pensa sobre o assunto, mais tenso você fica.

De repente, você sente uma dor muito forte no peito, que se irradia pelo braço e sobe até o queixo. Você está a uns oito quilômetros do hospital mais próximo e não tem certeza se vai conseguir chegar até lá.

O que fazer? Como conseguir sobreviver a um ataque cardíaco se estiver sozinho?

É muito freqüente as pessoas passarem por essa situação! Sem assistência, a pessoa cujo coração pára de funcionar adequadamente, que começa a sentir que vai desmaiar, tem apenas 10 segundos antes de perder a consciência!

O que fazer para sobreviver quando estiver sozinho?

Essas vítimas podem ajudar a si mesmas tossindo com força repetidas vezes. Inspire antes de tossir, tussa profunda e prolongadamente, como quando está expelindo catarro de dentro do peito. Repita a seqüência inspirar/tossir a cada dois segundos, até que chegue algum auxílio ou até que o coração volte a funcionar normalmente.

A inspiração profunda leva oxigênio aos pulmões e a tosse contrai o coração e faz com que o sangue circule. A pressão da contração no coração também o ajuda a retomar o ritmo normal. Desse modo, uma vítima de um ataque cardíaco pode fazer uma ligação telefônica e entre as inspirações, pedir ajuda.

(Artigo publicado no n.º 240 do Journal of General Hospital Rochester)

 

Página Principal da Gazeta  | Página anterior

Gazeta do Racionalismo Cristão - Uma filosofia para o nosso tempo