A resposta do sorriso!

Eliane Ramos e Marcia Henriques

Oxalá que um cumprimento de bom dia, boa tarde, boa noite, não seja proferido com a frieza de uma expressão morta, mas que, ao contrário, acalente a força viva e o de uma verdadeira mensagem fraternal. Luiz de Souza, A morte não interrompe a vida, p. 114.

Uma das histórias mais incríveis que ouvimos sobre a resposta do sorriso, a que se encaixa com a mensagem que gostaríamos de passar neste artigo, é esta abaixo de autoria desconhecida, e é mais ou menos assim:

Um desconhecido aparentemente triste recebeu um sorriso de outro desconhecido que praticava o bom hábito de cumprimentar a todos com um sincero sorriso.

Ao receber o sorriso, o desconhecido se lembrou de um amigo do passado que vivia sorrindo! E muito havia lhe ajudado em situações difíceis. Então, decidiu escrever-lhe uma carta, agradecido.

O tal amigo ao receber a carta, estava almoçando em um restaurante público e ficou tão contente com a lembrança do agradecimento que deu um sorriso contagiante e, satisfeito, deixou uma generosa gorjeta depois do almoço.

A garçonete, surpresa com o tamanho da gorjeta, sorriu de satisfação! E resolveu retribuir a gentileza doando a metade a um pobre homem na rua. O homem ficou muito feliz e agradecido, pois estava desempregado e não tinha dinheiro para levar um pão sequer a seus filhos em casa, foi sorridente, direto ao supermercado e fez uma considerável compra levando leite e pão a seus filhos.

Naquele momento, ele não sabia que corria perigo de vida. No caminho, resolveu retribuir a gentileza recolhendo um cachorrinho de rua que tremia de frio levando-o para sua residência.

O cachorrinho abanou a cauda como que sorrindo, ficou muito agradecido por estar ao abrigo da tempestade.

Naquela noite, a humilde casa pegou fogo, enquanto o pobre homem dormia juntamente com toda família. O cachorro latiu insistentemente dando alarme até acordar o homem que dormia pesadamente e seus três filhos.

Um dos meninos que foi salvo deste incêndio, cresceu e virou um grande presidente de seu país!

Tudo isso, por causa de um sorriso!

Resumindo:

Nosso sorriso pode ser a resposta de uma vida! Pode dar vida! É um presente gratuito que pode fazer a maior diferença na vida de muita gente.

O sorriso, quando sincero, é contagiante!

Lidar com pessoas é lidar com espíritos em evolução que muitas vezes estão em busca de ajuda espiritual.

Às vezes, tudo que uma pessoa precisa, é receber um sorriso e através dele a paz espiritual.

Poucos são os que adentram a uma casa racionalista cristã por curiosidade, a maioria, chega pela dor, pelo sofrimento, carente de um sorriso, de um afeto! E ao encontrarem em cada amigo militante respeito, atenção, palavras de carinho, de conforto espiritual, um afetuoso e firme aperto de mão seguido de um sorriso aberto e franco se sentem renovadas e após participar da limpeza psíquica saem das casas racionalistas cristãs completamente diferentes da criatura que nela adentrou.

Pois o Racionalismo Cristão irradia paz e alegria. Esta alegria que vem do espírito esclarecido.

Que mostra a alma daqueles soldados das Forças Superiores que ali estão para dar o melhor de si para levantar ânimos combalidos pelos embates da vida física.

É indispensável aos militantes irradiarem alegria a todos que adentram uma casa racionalista cristã!

Sorrir! Sorriso este que não custa nada ao portador, mas vale ouro ao receptor. A doutrina racionalista cristã nos adverte a sermos gentis, elegantes sem exageros, com moderação e compostura.

Não há dúvidas que todos gostam de ser recepcionados com simpatia e um belo sorriso e na doutrina racionalista cristã não é diferente, leva-se em conta que ninguém é um robô.

É muito agradável trocar cumprimentos! Bom dia! Boa tarde! Boa noite! Seguidos de um sorriso sincero, contagiante! Pois saber ser cordial e ser elegante, faz parte da disciplina racionalista cristã.

SORRIA!!!

Pois você está vivo!

E este é o maior motivo para sorrir, pois a sua existência, a sua vida, é a sua evolução espiritual! Levando em conta que há muitos espíritos esperando por esta oportunidade que estamos tendo ao estarmos encarnados.

Valorize-a! Fazendo para o bem o uso de seu livre-arbítrio! Estude as obras editadas pela doutrina racionalista cristã e distribua sorrisos sinceros e contagiantes que flui do espírito esclarecido espiritualmente.

Novembro 2009

 

Página Principal da Gazeta  | Página anterior

Gazeta do Racionalismo Cristão - Uma filosofia para o nosso tempo