A felicidade de ser militante

Arminda Lopes

O Racionalismo Cristão é uma doutrina filosófica científica espiritualista, uma escola que explana valores da moral cristã e evolução do espírito, os estudiosos despertam para a existência do espírito numa nova vida baseada no raciocínio lúcido e na vontade educada para a prática do bem, podendo encontrar a felicidade que tanto almejam.

[...] a maior beleza espiritual acontece todos os dias dentro de cada ser que cumpre com valor e coragem seus deveres [...] [...] militantes das casas racionalistas cristãs sigam em frente, sejam verdadeiros instrumentos encarnados das Forças Superiores
. Antonio Cottas

Muitos desses estudantes estabelecidos nessas bases se decidem a disponibilizar os seus préstimos como militantes num gesto de grandeza espiritual. Dispostos a dar o melhor de si, são bem recebidos pelos demais companheiros para que o intercâmbio de aprendizagem se faça dentro da humildade e disciplina para poder formar instrumentos convictos ao serviço do Astral Superior.

E como parcelas da Força Criadora, espíritos encarnados neste mundo em evolução espiritual, esclarecidos pelos princípios disciplinares exarados pela Doutrina do Racionalismo Cristão, põem em ação o seu livre-arbítrio para o bem e têm a faculdade de viver plenamente as duas vidas, tanto a espiritual como a material. Cumprindo os seus deveres, avançam na sua trajetória evolutiva.

Os militantes ao serviço da grande Causa, ao exercerem as faculdades mediúnicas numa das Casas do Racionalismo Cristão, é o mesmo que expandir a alma, transcender-se através do pensamento, para formar correntes fluídicas de limpeza psíquica dirigidas pelo Astral Superior. Correntes que consistem nas irradiações, que são vibrações espirituais, cujo objetivo maior é o esclarecimento da humanidade e arrebatamento de espíritos do astral inferior quedados na atmosfera fluídica da Terra, que são encaminhados aos seus mundos de estágio, proporcionando aos demais participantes eflúvios de paz e harmonia que os elevam em felicidade.

"Amai-vos uns aos outros como a vós mesmos", apregoava Jesus Cristo.

Quando um ser é militante a serviço das Forças Superiores, algo muito valioso desabrocha dentro de si, e sua mediunidade aliada ao bom pensar cresce ainda mais em realizações úteis no caminho da evolução e na prática do amor elevado de ajuda ao próximo.

(A autora é militante da Filial Seixal do Racionalismo Cristão - Portugal.)

Fevereiro 2012

 

Página Principal da Gazeta  | Página anterior

Gazeta do Racionalismo Cristão - Uma filosofia para o nosso tempo