gazeta2.jpg (8041 bytes)

Pratiquemos o Racionalismo Cristão

Márcio dos Santos Fernandes

Penso que a criação do site do Racionalismo na internet foi uma das melhores atitudes no sentido de expandir a doutrina. Estou tentando divulgar aos amigos este portal. Tenho encontrado resistência, pois nossa sociedade vem de uma herança religiosa de mais de 2000 anos. O sentimento de adoração a deuses similares ao homem, que podem puni-lo ou perdoá-lo pelo simples fato de você rezar ou não, impedem a prática de um raciocínio correto sobre esse assunto. É como tentar ensinar matemática para alguém que passou a infância toda com medo desta matéria e que não teve quem a ensinasse dentro de uma abordagem correta.

A mente embotada pelos grilhões do sectarismo não pode funcionar de maneira racional.

Precisamos ter cuidado na abordagem usada para divulgar a doutrina. Os questionamentos já começam pelo nome da ciência que carrega o termo "Cristão", do qual fazem uma analogia com fé, fé religiosa. Aquela que ensina a acreditar na salvação divina, mas não ensina os seres a se salvarem por si mesmos, através de bons atos e bons pensamentos.

Percebo nas sessões públicas que a faixa etária dos freqüentadores é muito elevada. Tenho 34 e sou um dos mais jovens. Faço um apelo aos pais que estimulem os jovens, os adolescentes a exerciterem os princípios racionalistas, sem pressões, sem imposições, apenas deixando-os usarem o bom senso para avaliarem o que é certo e o que é errado. Apenas esta prática já será salutar.

A mente humana tende ao relaxamento, e nós costumamos a nos desligar dos ensinamentos racionalistas pela própria correria do dia-a-dia. Recomendo que mantenham a obra básica como livro de cabeceira e leiam algumas poucas linhas pela manhã. Para aqueles que têm acesso à internet, uma rápida visita diária ao site pode mudar a atitude e o humor no resto do dia.

Faço este apelo pois sei que nós, seres humanos com nossas imperfeições, só nos aproximamos com força do Racionalismo quando somos assoberbados por infortúnios. E não deveria ser assim. Deveríamos freqüentar as sessões do mesmo modo que freqüentamos restaurantes ou cinemas. Deveríamos praticar a limpeza psíquica da mesma maneira que nos banhamos.

Estes ensinamentos servem para mim também, que como todos nós, estou engatinhando na longa marcha da evolução espiritual.

Márcio dos Santos Fernandes, 9 de maio de 2001

 

Página Principal da Gazeta  | Página anterior

Gazeta do Racionalismo Cristão - Uma filosofia para o nosso tempo