gazeta2.jpg (8041 bytes)

Conhecimento, responsabilidade e coragem

Aristides Ianelli Junior

Caros amigos, devemos avaliar muito bem o que queremos e não apenas desejar, pois, tudo o que se conquista traz conseqüências. Boas ou más, certamente essas conseqüências são frutos de nosso merecimento e não mero acaso ou fatalidade. Se hoje colhemos uma doença é porque certamente a plantamos assim como se hoje colhemos sucessos é também fruto das atitudes e pensamentos individuais de cada um de nós. Nada nos ocorre sem que nós mesmos não o tenhamos provocado.

Precisamos estar certos daquilo que desejamos, pois, se o desejarmos com vontade verdadeira certamente o teremos. Portanto, estejamos todos cientes que o Conhecimento nos trás responsabilidades. Não adianta estudar para saber e querer guardar para si. O Conhecimento é de todos e está disponível para todos, portanto, se tiver a capacidade de alcançá-lo, aplique-o, pois será por meio de nossos exemplos que todos os demais passarão a desejar e ter acesso a isso.

Então, caros amigos, saibamos que quanto mais aprendermos mais seremos cobrados, nunca estaremos confortáveis, pois, na zona de conforto, a evolução é muito lenta, senão parada. Digo isso porque diariamente ouvimos pessoas e mais pessoas maldizendo as pedras e provas que lhe são impostas, mas, certamente nesse Planeta Escola só somos postos à prova por aquilo que já aprendemos e, se já o aprendemos, não podemos nos esquivar das responsabilidades desse aprendizado.

Por isso, é preciso Coragem, coragem para buscar cada dia mais e mais conhecimento no intuito de podermos, por meio disso, dar exemplos e disseminá-los entre outras pessoas. É preciso coragem porque certamente dia-a-dia seremos postos à prova de forma que possamos manifestar esse conhecimento.

É importante saber que todo esse conhecimento não é privilégio de poucos, ele está "no ar" e disponível para qualquer um de nós, repito: qualquer um porque nesse caso não dependemos de escolas ou faculdades para nos ensinar, mas, sim, apenas de nossa vontade e persistência diária em aprender. Mas devemos saber também que as forças inferiores, por seu livre-arbítrio, também buscam o conhecimento, mas esses o buscam em forma de poder e também o alcançam e o praticam, o que faz nossa responsabilidade ainda maior na busca de um mundo melhor.

Vale salientar que podemos entender por conhecimento a ferramenta que realiza nossa vontade e, até por isso, ele está à disposição do que é bom e do que é mal.

Precisamos, portanto, desenvolver nossa capacidade mental e espiritual em conjunto, pois, uma não caminha sem a outra. É nossa capacidade mental que realizará as coisas nesse nosso mundo material, obedecendo nossos preceitos e conhecimentos da capacidade espiritual, por isso é importante que caminhem juntas.

Precisamos saber distinguir muito bem o que são propriedades mediúnicas e propriedades parapsicológicas para que possamos acreditar que o desenvolvimento mental é possível, palpável e necessário. Devemos deixar de lado pré-conceitos e dogmas, e passar a encarar a vida com o que ela nos exige. Portanto, não tenhamos receio em buscar o bem-estar material também, porque, se o tivermos, teremos disponibilidade para aplicar-nos mais e mais ao desenvolvimento da raça humana. Falo no bem-estar material não como fim mas, sim, como meio porque quem não tem ao menos o suficiente não terá a paz necessária para o auto-desenvolvimento. Cada um sabe o quanto é o seu suficiente e deve buscá-lo como forma de poder "patrocinar" seu tempo em prol do desenvolvimento.

Portanto, não nos acovardemos diante de todas as dificuldades que encontramos a cada passo que damos no conhecimento, pois, é dessa forma que estaremos contribuindo para o desenvolvimento de todos.

Aristides Ianelli Junior, 6 de junho de 2003
O autor atua na área do comportamento humano, como
consultor,  como palestrante e ministrando cursos 

 

Página Principal da Gazeta  | Página anterior

Gazeta do Racionalismo Cristão - Uma filosofia para o nosso tempo