gazeta2.jpg (8041 bytes)

Cada um constrói sua vida

.É preciso que todo mundo saiba que quando o ser humano emite um pensamento ele transmite esse pensamento, mas também capta outro afim, querendo ou não, consciente ou não, e os efeitos desse pensamento. É a infalível Lei de Atração e Repulsão ativada pelos pensamentos

Muita gente afirma que é muito difícil o ser humano viver em paz num mundo tão tumultuado como o Planeta Terra, e essa frase continuará a ser repetida por muitos e muitos anos na mente dos habitantes do nosso Planeta Terra.

É importante perceber que as pessoas, em sua maioria, são a bateria que vem alimentando esse estado de coisas. O povo age sem pensar. O mundo caminha como caminham as formigas em sua marcha em busca do abastecimento para seu formigueiro, mas quase ninguém quer combater a causa de tudo isso, pois essa causa vem alimentando os espertalhões.

É preciso que todo mundo saiba que quando o ser humano emite um pensamento ele transmite esse pensamento, mas também capta outro afim, querendo ou não, consciente ou não, e os efeitos desse pensamento. É a infalível Lei de Atração e Repulsão ativada pelos pensamentos.

Se os meios de comunicação exibem cenas eróticas, por exemplo, estão sugerindo e alimentando pensamentos de erotismo. O resultado desses pensamentos eróticos, cientes ou não, é criar uma atmosfera bem pesada que envolve a atmosfera da Terra e as pessoas que dedicam seu tempo vendo e aplaudindo esses programas.

Se um escritor famoso coloca nas páginas de um livro imagens de violência, lá vai ele sugerindo pensamentos de violência, mas também captando outros pensamentos de igual teor e os resultados desses pensamentos violentos. Todos que lerem esse livro aceitando as idéias estarão transmitindo e recebendo pensamentos afins e os resultados negativos desses pensamentos.

Igual verdade se estende por todas as pessoas, de todas as classes sociais, de todos os credos, sejam pobres, ricas, com cargos de faxineiros ou de presidência da república.

E a atmosfera do nosso Planeta Terra vai ficando cada vez mais pesada e os crimes e as doenças de toda a espécie vão-se espalhando no meio da multidão e as autoridades lutam, lutam, combatendo somente os efeitos e ignorando as causas. Somente quem enxergar um pouquinho adiante de seu nariz vai entender aquela frase bonita atribuída a Jesus Cristo: "Amai-vos uns aos outros como eu vos amei."

No amor todos os medos desaparecem, mas amor é fonte inesgotável de paz, de alegria, de felicidade, mas o amor que a Terra conhece é aquele vendido pelos artistas, pelos religiosos, pelos políticos, pelos esportistas, por um preço muito alto, porque o que eles chamam de amor tem mais parte de materialidade do que de amor.

O ser humano precisa fugir dos falsos religiosos e políticos, do narcotráfico e da prostituição, porque estão ligados por um laço material muito estreito. Tudo prometem, porque o povo ainda gosta de promessas.

Um artista aparece completamente nu diante do vídeo e os canais de televisão têm de dizer que o artista é corajoso e representa uma obra de arte, porque, se for condenar, poderá perder a audiência que é alimentada por pessoas que se dizem evoluídas e que os tempos são outros.

Quem quiser Paz tem de conhecer-se a si próprio, como solicitava Sócrates, e querer bem a todos, mas mentalmente não se misturando com as pessoas que daquela forma procedem, porque a multidão tem facilidade para aplaudir, mas também para apedrejar, como fez com Jesus Cristo há dois mil anos.

Aprender a arte de pensar é sabedoria milenar atualizada.

 

Aquiles Moisés dos Santos
Belo Horizonte, 9 de junho de 2002

 

Página Principal da Gazeta  | Página anterior

Gazeta do Racionalismo Cristão - Uma filosofia para o nosso tempo