gazeta2.jpg (8041 bytes)

É tempo de acordar

... Grita-se que a fé remove montanhas e, no entanto, há montanhas de sofrimentos oriundas da ignorância do porquê da vida, pois tudo tem sua causa, tudo tem seus efeitos.

Grande parte da humanidade está mergulhada na quase loucura, embora o mundo seja bom, mas não descobriu ainda uma maneira de externar isso.

Personalidade é a expressão externa de nossa condição interna. A condição interna não se vê com os olhos físicos. Muita gente é linda por fora, mas roída por dentro e isso traz desequilíbrio, doença e infelicidade na pessoa e no seu meio ambiente. Há muito livro espalhado sobre o homem e chegam a dizer, "O Homem, Esse Eterno Desconhecido". Isso fere a natureza, pois o homem é a medida de todas as coisas que o cercam e sendo essa medida desconhecida, tudo será medido incorretamente. Sabemos que tudo que existe de mal fora do homem, como uma guerra sangrenta, primeiro existiu no interior do ser humano, na sua mente, esse jardim interior. Muitos seres ainda procedem como irracionais e, se não andassem de dois pés, seriam confundidos com animais irracionais.

Grita-se que a fé remove montanhas e, no entanto, há montanhas de sofrimentos oriundas da ignorância do porquê da vida, pois tudo tem sua causa, tudo tem seus efeitos. Sem luta consciente, sem ciência da vida, não se separa o certo do errado. É uma ilusão da humanidade ver as coisas pelo lado irreal, fora da razão e do bom senso.

Só o conhecimento da vida espiritual arranca os seres das trevas e os traz para a luz verdadeira. Quando perguntavam a Cristo qual a maior esmola, ele sempre dizia que é aquela que mata a fome para sempre e não a que mata a fome por um dia. É o tesouro interior que nem a ferrugem nem a traça podem destruir. O povo acha bom ouvir isso, acha bom falar em milagres, coisas sobrenaturais, mas ninguém quer mesmo pesquisar, buscar a verdade que elimina a ignorância. Poucos querem dar pão ao raciocínio e preferem ficar no dogma que não exige pesquisa.

A grande esmola de Cristo é o conhecimento da verdade, essa que liberta o ser humano para sempre. O pensamento vibrado com sabedoria constrói grandeza, faz o homem penetrar em tudo e tudo analisar com acerto. A Força Criadora está em toda parte, e em saber captá-la e retê-la junto de cada um está a chave do sucesso, da felicidade relativa que o Planeta Terra pode oferecer. Mas a maioria continua achando que se pode comprar felicidade e, por um bom tempo, pode até ganhar curvaturas vertebrais de falsos amigos, até que a dor venha e possivelmente não vai aparecer ninguém das curvaturas vertebrais para aliviar a dor. Aí entra o peditório a Deus e aos santos preferidos.

O povo precisa acordar para a vida e descobrir que ela é eterna. Sócrates mostrava isso dizendo que, se existe o estar dormindo, é porque existe o estar acordado e entre um e outro existe uma ponte para a continuidade do ciclo.

Muita gente ainda está mergulhada na ilusão, esse caminho largo que convida e conquista aqueles que gostam da lei do menor esforço.

Aquiles Moisés dos Santos
Belo Horizonte, 1 de setembro de 2001

 

Página Principal da Gazeta  | Página anterior

Gazeta do Racionalismo Cristão - Uma filosofia para o nosso tempo