gazeta2.jpg (8041 bytes)

A guerra e seus reflexos nos Estados Unidos

Gilnei Castro Müller

Em recente chacina ocorrida no interior de uma Base Militar dos Estados Unidos, em que treze pessoas morreram inicialmente e o próprio atirador, um militar de 40 anos, poderá vir a ser a próxima vítima desse ato tresloucado e absurdo a primeira vista. Este atirador possivelmente teria entrado em um profundo estado depressivo depois de ter sido escalado para prestar serviços e desempenhar suas funções lá no teatro da guerra no Afeganistão e ao pensar nas grandes desgraças que lá poderia vir a encontrar desequilibrou-se psiquicamente e fazendo uso de uma arma causou todo este triste episódio.

O atual presidente dos Estados Unidos, o Sr. Barack Obama, mesmo que tenha pedido para que as pessoas não tirem conclusões precipitadas antes do resultado das investigações, será que ele acha que se vai acreditar nos resultados apresentados depois de todas as trapalhadas após a queda das conhecidas torres gêmeas? Vejam bem o nome completo do atirador e a origem de sua família!

Queiram acreditar ou não, são os reflexos das ações guerreiras praticadas desde a destruição do Iraque e depois ao Afeganistão e ao próprio Paquistão que, mesmo contrariado, foi forçado a se envolver com a guerra, isto é o que se pode denominar de neurose de guerra que contaminou o ambiente militar dentro da própria caserna. Quanta ironia, o presidente Obama continua a política guerreira do seu antecessor e ainda recebe o prêmio de um "promovedor da paz", que inversão de valores!

Então Sr. Barack Obama, se o senhor pretende realmente promover a paz no mundo e reduzir os ataques terroristas, por que o Sr. não experimenta reunir todos os homens das Forças Armadas existentes em suas Bases Militares espalhadas pelo mundo e os desmobiliza e dentro dos Estados Unidos põe toda essa força humana a trabalhar em profissões dignas que os possam enobrecer e produzir algum produto que possa servir para alimentar os milhões de miseráveis de todos os continentes que a sua "globalização econômica" tem contribuído para ampliar dia a dia?! Não se esqueça de antes mandar destruir todos os seus arsenais de armas e desmontar a "Indústria Bélica". Também não se esqueça de liberar os seus aliados que estão lá no meio da guerra sofrendo baixas todos os dias e causando a destruição de famílias inteiras de civis inocentes.

Novembro 2009

 

Página Principal da Gazeta  | Página anterior

Gazeta do Racionalismo Cristão - Uma filosofia para o nosso tempo